Move That Jukebox!


As rapidinhas dos britânicos são as melhores! by Nádia Lapa

Acho que “Lily Allen” só perde pra “Franz Ferdinand” em número de aparições neste blog nos últimos dias. Também, ela se esforça pra ser notícia! É claro que ninguém jamais falaria nela se o mais recente álbum da inglesa, It’s not me, it’s you, não fosse um sucesso.

No sábado, dia 14, ela fez um show em Glasgow, na Escócia. Contrariando as tradições locais, embebedou-se com vinho branco durante a apresentação. No final, foi vista vomitando horrores na calçada.

Da próxima vez, vá de scotch mesmo, bonita!

***

Frequentemente comparada à moça da notícia acima, a irlandesa Kate Nash já gravou 14 das 16 músicas previstas para seu segundo álbum. Segundo a cantora, o novo CD será diferente do primeiro, Made of Bricks, lançado em 2007.  Duas canções já foram apresentadas ao público ano passado: I hate seagulls e Froggy. Vamos ver se alguma delas repete o sucesso de Foundations.

Eu sou amarga porque chupo limões, mas eu não bato em fotógrafos, tá?

Eu sou amarga porque chupo limões, mas eu não bato em fotógrafos, tá?

***

Continuando com moças do Reino Unido, Amy Winehouse está gastando 2 milhões de libras (quase seis milhões e meio de reais) para montar um estúdio de gravação na própria casa. Será que vai faltar dinheiro pras outras coisas que ela costuma comprar? E pra pagamento de fiança?

***

Mais Radiohead: o vocalista da banda, Thom Yorke, fez um remix da música Gazillion Ear, do rapper DOOM (conhecido até recentemente como MF DOOM). A obra só será lançada em 24 de março, mas já tem um trechinho dela rolando na rede, bem aqui. Yorke conseguiu dar uma vibe bem Radiohead à música.

***

Eu não consigo tirar o pé do velho mundo! Ingressos para os shows do U2 no Reino Unido começarão a ser vendidos na próxima sexta, dia 20. É claro que devem esgotar em segundos, como vem acontecendo com todos os grandes shows ultimamente. Como já foi dito aqui anteriormente, as apresentações acontecerão em estádios. O primeiro show marcado será nada mais nada menos que em Wembley, Londres, em 14 de agosto. Nos dias seguintes, Bono e cia se apresentarão em Glasgow, Sheffield e Cardiff.

Os ingressos serão vendidos aqui.

Estamos esperando vocês aqui!

Estamos esperando vocês aqui!

***

Desisti de abandonar a Inglaterra querida. Então taí a última notícia dessa seção: Bloc Party lancará em maio uma versão remixada de seu terceiro álbum, Intimacy. Em 27 de abril sairá o primeiro single: Signs, mixado por Armand Von Helden. Segue a lista de músicas e os respectivos produtores:

‘Ares’ (Villains)
‘Mercury’ (Hervé Is In Disarray)
‘Halo’ (We Have Band Dub)
‘Biko’ (Mogwai)
‘Trojan Horse’ (John B)
‘Signs’ (Armand Van Helden)
‘One Month Off’ (Filthy Dukes)
‘Zephyrus’ (Phase One)
‘Talons’ (Phones RIP)
‘Better Than Heaven’ (No Age)
‘Ion Square’ (Banjo or Freakout)
‘Letter To My Son’ (Gold Panda)
‘Your Visits Are Getting Shorter’ (Double D)

Eu tenho um nome impronunciável e fiz um show ruim no Planeta Terra, mas quero ganhar um dinheirinho. Hã? Show da MTV brasileira? Hã?Não lembro...

Eu tenho um nome impronunciável e fiz um show ruim no Planeta Terra, mas quero ganhar um dinheirinho. Hã? Show da MTV brasileira? Hã?Não lembro...

Nádia Lapa, que tem certeza que nasceu no lugar errado. God save the Queen!

Anúncios


Pelos direitos musicais by Gabriel
outubro 4, 2008, 6:39 pm
Filed under: Radiohead, The Verve | Tags: , , , , ,

Não, este não é um post político, às vésperas da eleição.

O que o Radiohead, The Verve, Kaiser Chiefs, Klaxons, Kate Nash e Robbie Williams têm em comum? Todos eles aderiram a um grupo de artistas que luta por maior controle sobre suas próprias faixas.

Thom Yorke acionando o alarme de seu carro

Eles pretendem, com essa união, desvincular a música produzida da máfia das gravadoras…com isso, as empresas teriam que consultá-los em relação ao modo que as faixas seriam usadas, vendidas, pra quem vai o dinheiro…e tudo mais, em contraposição à atual realidade, na qual as gravadoras dominam quase todos os direitos das faixas.

Mais um capítulo da decadência das gravadoras.



Quem comprar o ‘Merry Happy’ poderá ganhar artwork personalizado por Kate Nash by Cedric
março 18, 2008, 4:45 pm
Filed under: Kate Nash | Tags: , ,

Em 24 de Março, a inglesa estará lançando o quarto single de seu álbum de estréia, ‘Made of Bricks’.

O single será ‘Merry Happy’, e poderá ser comprado em 2 formatos diferentes: Vinil e CD. Mas serão poucas cópias, mil do primeiro vinil (com ‘Merry Happy’ e ‘Lion, Devil & The Spider’), mil do segundo (com ‘Pumpkin Soup’ e ‘Don’t You Want to Share the Guilt’) e outras mil do CD (com ‘Merry Happy’ e ‘Model Behaviour’). Entre essas três mil cópias, dez serão premiadas. Sim, APENAS 10 ganhadores.

O prêmio? Uma capa novinha pro seu cd/vinil, personalizadas pela própria Kate Nash e por sua amiga Laura.

Achando o número premiado, basta tirar foto ou scanear a capa do seu cd/vinil e enviar pro MySpace de Kate. Depois, você será contatado e informado dos detalhes.

Os CDs e vinis premiados são os de número 087,102, 265, 398, 487, 598, 643, 724, 863 e 934.



Adele, Amy Winehouse, Kate Nash e Katie Melua: Todas juntas? by Cedric
março 10, 2008, 6:24 pm
Filed under: Kate Nash, Katie Melua | Tags: , , ,

Pense na voz de Adele: A cantora que foi comparada à Amy Winehouse pela BBC (mas, na minha opinião, está mais para Kate Nash) e acaba de lançar seu primeiro álbum, 19;

Pense na voz de Amy Winehouse: Com ou sem drogas, a melhor voz da Grã-Bretanha, segundo toda a Grã-Bretanha;

Pense na voz de Kate Nash: Uma versão recém-lançada [e melhor] da Lily Allen que tem estourado na MTV Nacional, depois de ganhar o BRIT e o NME Awards;

Pense na voz de Katie Melua: A cantora que se inspira em cantores como Paul Simon, Jeff Bucley e Bob Dylan para fazer música estava na trilha sonora da novela global ‘Senhora do Destino’ (mas ninguém sabe disso).

Adele

Consegue imaginar tudo junto, numa única banda? Pois eu também não. Mas, segundo Adele, isso vai acontecer em breve.

“A banda poderia representar as mulheres do mundo. Se nos uníssemos, provavelmente formaríamos a melhor banda de todos os tempos”, disse a cantora, provavelmente inspirada no Dia Internacional da Mulher. “Nós não temos medo de dizer o que pensamos, e não é necessário ser uma boneca com pernas saradas, cabelos loiros, peitos grandes e lábios bonitos”, finalizou Adele, que não é um exemplo de beleza mas tem uma voz indiscutivelmente marcante.

O super grupo feminino de vocais provavelmente seria a união mais comentada e bem sucedida dos últimos (e dos próximos) tempos.

Você confere a discografia de todas as cantoras citadas em nossos arquivos. Vale a pena baixar, mesmo.



NME Awards 08 by Cedric
fevereiro 29, 2008, 9:35 pm
Filed under: Kate Nash, Klaxons | Tags: , , , ,

Ontem foi noite de festival: Depois do Grammy e do Brit, veio a premiação da revista britânica NME.

‘Shockwave NME Awards’, esse é o nome do negócio. Os resultados foram bem satisfatórios – ao menos pra mim – mas com algumas excessões, é claro (lembrem que nada é perfeito).

Os prêmios mais interessantes da noite foram para o Manic Street Preachers (Gênios Divinos) e Radiohead, pela inovação no mundo da música, ou seja, por lançar o ‘In Rainbows’ pela internet com todo aquele papo de “quer pagar quanto?”.

 

– The Cribs:

Os Jarman abriram a premiação com Johnny Marr. O número de prêmios que a banda concorreu foi igual ao número de Jarmans: 3, mas, definitivamente, não era a noite pro The Cribs brilhar. O grupo inglês voltou para casa sem nenhum prêmio mas teve total apoio da cantora Kate Nash: “Eu tenho que dizer que Muse [que concorreu ao prêmio de Melhor Show] não é a melhor banda ao vivo, The Cribs é!”, disse Nash.

Por ironia do destino, quem acabou levando o prêmio de Melhor Show foi o Muse mesmo.

– Kate Nash:

O segundo show da noite foi de Kate Nash. Nada muito longo, apenas uma música – Foundations – com Billy Bragg. Nash – que acaba de ser sorteada pelo ‘Shuffle’ do meu iTunes – concorreu a dois prêmios e não saiu de mãos abanando. A pequena passou Amy Winehouse, Jamie T, Patrick Wolf e Jack Penate, levando o título de Melhor Artista Solo. Mas o prêmio de Artista Melhor Vestido (a) não, esse não foi pra ela.

“Eu fiquei genuinamente surpresa”, disse a cantora falando sobre ganhar o prêmio que, na sua opinião, seria de Amy Winehouse.

 

– Klaxons:

Os super brilhantes (brilhantes em todos os sentidos possíveis) do Klaxons também levaram um prêmio para casa. Depois de tocar os hits de seu único álbum veio a notícia: ‘Myths Of The Near Future’ foi escolhido o melhor CD da noite (O álbum é bom, mas fico me perguntando como pode ser julgado melhor do que ‘Favourite Worst Nightmare’ e ‘In Rainbows’).

A trupe de Jamie Reynolds também concorria a Melhor Banda Britânica, Melhor Vídeo com Golden Skans e Música Mais Animada com Atlantis to Interzone.

No dia 20 os ingleses fizeram um show interessante no Grammy, com a cantora Rihanna. Quer saber mais? Clique aqui.

Á, outra informação: Os New Ravers vêm ao Brasil pro Festival Indie Rock.

– Arctic Monkeys:

Ai, Ai, Ai! Os Monkeys nunca ficam para trás! Alex Turner e seus coleguinhas comandaram a noite, como de rotina. Concorrendo a seis prêmios levaram 3, Melhor Banda Britânica, Melhor Música com Fluorescent Adolescent e Melhor Vídeo, com Teddy Picker.

Só de imaginar que eles já passaram pelo Brasil… (e eu fui) *_*

 

Abaixo você confere a lista dos ganhadores do NME Awards 2008:

Melhor Banda Britânica:
Arctic Monkeys
Babyshambles
The Cribs
Klaxons
Muse

Melhor Banda Internacional:
Arcade Fire
Foo Fighters
The Killers
Kings Of Leon
My Chemical Romance

Banda Revelação:
The Enemy
Foals
Joe Lean And The Jing Jang Jong
The Pigeon Detectives
The Wombats

Melhor Show:
Arctic Monkeys
The Cribs
Kaiser Chiefs
Muse
My Chemical Romance

Melhor Artista Solo:
Kate Nash
Jamie T
Jack Penate
Amy Winehouse
Patrick Wolf

Melhor Álbum:
‘Favourite Worst Nightmare’ – Arctic Monkeys
‘Shotters Nation’ – Babyshambles
‘We’ll Live And Die In These Towns’ – The Enemy
‘Myths Of The Near Future’ – Klaxons
‘In Rainbows’ – Radiohead

Melhor Música:
‘Fluorescent Adolescent’ – Arctic Monkeys
‘Flux’ – Bloc Party
‘Men’s Needs’ – The Cribs
‘Lord Don’t Slow Me Down’ – Oasis
‘Let’s Dance To Joy Division’ – The Wombats

Melhor Vídeo:
‘Teddy Picker’ – Arctic Monkeys
‘Flux’ – Bloc Party
‘D.A.N.C.E.’ – Justice
‘Golden Skans’ – Klaxons
‘Teenagers’ – My Chemical Romance

Melhor DVD Musical:
‘Up The Shambles’ – Babyshambles
‘The Song Remains The Same’ – Led Zeppelin
‘Unplugged In New York’ – Nirvana
‘Lord Don’t Slow Me Down’ – Oasis
‘I Told You I Was Trouble’ – Amy Winehouse

Melhor Evento:
Carling Weekend: Reading And Leeds Festival
Glastonbury
Muse At Wembley Stadium
T In The Park
V Festival

Herói do Ano:
Matt Bellamy
Pete Doherty
Noel Fielding
Ryan Jarman
Thom Yorke

Vilão do Ano:
Tony Blair
Johnny Borrell
Gordon Brown
George W Bush
Amy Winehouse

Melhor Vestido (a):
Pete Doherty
Noel Fielding
Kate Nash
Alex Turner
Gerard Way

Pior Vestido (a):
Johnny Borrell
Pete Doherty
Mika
Gerard Way

Amy Winehouse

Música Mais Animada:
‘Flux’ – Bloc Party
‘Hummer’ – Foals
‘D.A.N.C.E.’ – Justice
‘Atlantis To Interzone’ – Klaxons

‘Let’s Dance To Joy Division’ – The Wombats

 

Melhor Capa:
‘Favourite Worst Nightmare’ – Arctic Monkeys
‘The Good, The Bad And The Queen’ – The Good, The Bad And The Queen
‘Sawdust’ – The Killers
‘Because Of The Times’ – Kings Of Leon
‘Send Away The Tigers’ – Manic Street Preachers

Melhor Programa de Rádio:
Russell Brand (Radio 2)
Zane Lowe (Radio 1)
Chris Moyles (Radio 1)
Colin Murray (Radio 1)
Jo Whiley (Radio 1)

Pior Álbum:
‘1973’ – James Blunt
‘The Trick To Life’ – The Hoosiers
‘Spirit’ – Leona Lewis
‘Life In Cartoon Motion’ – Mika

‘Blackout’ – Britney Spears

Pior Banda:
30 Seconds To Mars
Fall Out Boy
The Hoosiers
My Chemical Romance
Panic At The Disco

Melhor Programa de Televisão:
‘Heroes’
‘The Mighty Boosh’
‘Never Mind The Buzzcocks’
‘The IT Crowd’
‘Skins’

Melhor Filme:
‘Control’
‘Hot Fuzz’
‘Pirates Of The Caribbean: At World’s End’
‘The Simpsons Movie’
‘Superbad’

Homem Mais Sexy:
Howlin’ Pelle Almqvist
Julian Barrett
Noel Fielding
Nicky Wire
Patrick Wolf

Mulher Mais Sexy:
Jenny Lewis
Kylie Minogue
Rihanna
Hayley Williams
Rachael Yamagata

Melhor Casa de Show:
Brixton Academy
Manchester Apollo
Glasgow Barrowlands
London Astoria

Wembley Stadium

Melhor Site:
Bebo
Facebook
Last.fm
Myspace
YouTube

Melhor Blog de Artista/Banda:
Foals (www.wearefoals.com/blog)
Lilly Allen (www.myspace.com/lilymusic)
Lightspeed Champion (www.lightspeedchampion.com)
Radiohead (www.radiohead.com/deadairspace)
The Streets (www.myspace.com/thestreets)

Melhor Blog de Música:
The Hype Machine (hypem.com)
The Modern Age (www.themodernage.org)
Nothing But Green Lights (nothingbutgreenlights.net)
Spinner (spinner.com)
Stereogum (stereogum.com)



Novidades sobre Kate Nash by Gabriel
fevereiro 22, 2008, 10:02 am
Filed under: Kate Nash | Tags: , ,

Para começar, como muitos já sabem, Kate Nash recebeu sua premiação quarta-feira, no BRIT Awards, na categoria ‘Melhor Artista Solo Feminino’.

Além disso, a inglesa estará em turnê por lá nesse período de fevereiro e março.

Seu próximo single, ‘Merry Happy’, será lançado no dia 24 de março e virá nos tradicionais formatos, os vinis de 7 polegadas e CD. No entanto, somente 1000 cópias de cada formato serão comercializadas.

Agora a grande notícia. Kate foi escolhida para abrir o Glastonbury! Portanto, dia 27 de junho (sexta-feira) ela será a primeira a se apresentar no conhecido palco da pirâmide, dando início ao festival que terá como grandes atrações o The Verve, Kings of Leon e Jay-Z.



Indicados ao BRIT Award by Gabriel

Apresentado por Sharon e Ozzy Osbourne, o Brit Award de 2008 acontecerá no dia 20 de fevereiro no Earls Court.

Nas indicações, Mika, Leona Lewis e Take That saíram na frente, com 4 indicações cada. Não muito atrás, com 3 indicações, estão Arctic Monkeys, Mark Ronson, Kaiser Chiefs e Kate Nash.

Além disso, Paul McCartney receberá o Outstanding Contribution Award, devido a sua incrível carreira e ações beneficentes.

Confira abaixo os demais indicados:

British Male Solo Artist (solo masculino)
Jamie T
Mark Ronson
Mika
Newton Faulkner
Richard Hawley

British Female Solo Artist (solo feminino)
Bat For Lashes
Kate Nash
KT Tunstall
Leona Lewis
PJ Harvey

British Group (banda)
Arctic Monkeys
Editors
Girls Aloud
Kaiser Chiefs
Take That

British Album (álbum)
Arctic Monkeys – ‘Favourite Worst Nightmare’
Leona Lewis – ‘Spirit’
Mark Ronson – ‘Version’
Mika – ‘Life In Cartoon Motion’
Take That – ‘Beautiful World’

British Breakthrough Act (revelação)
Bat For Lashes
Kate Nash
Klaxons
Leona Lewis
Mika

British Live Act (ao vivo)
Arctic Monkeys
Kaiser Chiefs
Klaxons
Muse
Take That

British Single (single)
The Hoosiers – ‘Worried About Ray’
James Blunt – ‘1973’
Kaiser Chiefs – ‘Ruby’
Kate Nash – ‘Foundations’
Leona Lewis – ‘Bleeding Love’
Mark Ronson – ‘Valerie’ featuring Amy Whinehouse’
Mika – ‘Grace Kelly’
Mutya Buena – ‘Real Girl’
Sugababes – ‘About You Now’
Take That – ‘Shine’

International Male Solo Artist (solo masculino internacional)
Bruce Springsteen
Kanye West
Rufus Wainwright
Timbaland

International Female Solo Artist (solo feminino internacional)
Alicia Keys
Bjork
Feist
Kylie Minogue
Rihanna

International Group (banda internacional)
Arcade Fire
Eagles
Foo Fighters
Kings Of Leon
The White Stripes

International Album (álbum internacional)
Arcade Fire – ‘Neon Bible’
Eagles – ‘Long Road Out Of Eden’
Foo Fighters – ‘Echoes Silence Patience’
Kings Of Leon ‘Because Of The Times’
Kylie Minogue – ‘X’

Outstanding Contribution Award (contribuição à música)
Paul McCartney