Move That Jukebox!


E o Radiohead ouve o quê? by movethatjukebox
março 18, 2009, 6:22 pm
Filed under: Outros | Tags: , , ,

O furor de ver Radiohead ao vivo ofusca qualquer coisa, eu sei. Mas se o RH é a sua banda do coração (ou uma das), qual seriam as bandas do coração deles? Não sei responder a essa pergunta – seria muita pretensão da minha parte – porém temos as bandas de abertura que eles escolhem como dicas. O Kraftwerk vai abrir os shows da América Latina, Liars e Grizzly Bear intercalaram os shows da turnê americana do ano passado.

Liars (myspace/site)

liars

O trio australiano começou naquela leva de bandas da disco-punk em 2002, mas logo cavou uma identidade que fica entre o pós-punk e um experimentalismo de estilos que varia de disco pra disco. Todos bem marcados com sintetizadores, percussão e letras sarcásticas. Cada disco tem uma história (bruxas em Nova Jersey, crise criativa, etc.), vale a pena pesquisar.

Curiosidade: O álbum da crise criativa é o “Drum’s not Dead”, que eles fizeram em Berlin, trancafiados numa casa-estúdio. Até Thom Yorke comentou sobre ele.

Pra ouvir se você gosta de: Sonic Youth, No Age, Animal Collective.

Grizzly Bear (myspace/site)

grizzlybear

A banda começou como um projeto solo que ganhou força e fãs. O Grizzly faz parte do sub-gênero indie ‘New Weird America’, por causa de sua complexa neo-psicodelia folk. Por mais que essa definição assuste, as melodias são intimistas, bem trabalhadas e com letras profundas. Eles lançam remixes das próprias músicas feitas por bandas amigas, como Band of Horses, CSS e Dntel.

Curiosidade: Jonny Greenwood (guitarrista principal do Radiohead) admitiu publicamente ser essa a sua banda favorita.

Pra ouvir se você gosta de: Fleet Foxes, Beach House, Beirut.

Kraftwerk (myspace/site)

kraftwerk

Alemães e minimalistas, são considerados os avôs do eletrônico por colocarem o gênero no mainstream, na década de 70. Começaram com o uso de sintetizadores e instrumentos elétricos na composição das músicas. Um clássico. Sem eles não existiriam raves, electro e nem o Kid A. Leia mais sobre o Kraftwerk aqui.

Pra ouvir se você gosta de: qualquer música eletrônica.

Footage da apresentação clássica de Pocket Calculator em 1981

Natalli Tami

Anúncios