Move That Jukebox!


Alternativa Britânica by Gabriel
fevereiro 12, 2008, 12:00 pm
Filed under: Outros | Tags: ,

Fazer downloads ilegais na internet parece ter se tornado parte da vida de muitas pessoas. Agora os britânicos terão o que temer.

O governo do Reino Unido anunciou que está preparando um projeto que expulsará da internet os usuários que fizerem downloads ilegais (estima-se que 6 milhões de pessoas de lá pratiquem tal ato).

Como funcionará a medida?

O governo dará um primeiro aviso para quem for suspeito de estar descumprindo a lei. Na reincidência, haverá suspensão temporária da internet. Na terceira, sem mais enrolações, haverá o corte da conexão.

Talvez uma última cartada das gravadoras para salvar os decadentes negócios.

No Brasil, estima-se que são feitos 1,8 milhões de downloads ilegais. Talvez o alternativa britânica espalhe-se por toda a Europa. No Brasil? Acho pouco provável.

Anúncios


Warner facilita compartilhamento de MP3’s by Gabriel
dezembro 29, 2007, 2:17 pm
Filed under: Outros | Tags: , , , , , , , , , ,

Novos tempos para a música.

Agora é a vez da Warner Music Group começar a se adequar. A companhia começará a disponibilizar MP3’s sem os DRM (Digital Rights Management), ou GDD (Gestão de Direitos Digitais). O artifício que consiste em restringir a difusão por cópia de arquivos digitais, como forma de assegurar os direitos autorais, agora terá seu fim.

A empresa, que possui direitos sobre o download de artistas e bandas como Led Zeppelin, Green Day e Aretha Franklin, disponibilizará MP3’s livres da restrição na loja online da Amazon.

Essa medida facilitará o compartilhamento de arquivos, uma vez que, desta forma, não haverá limites de vezes para a gravação dos arquivos em cd’s, nem de execuções.

A ação já foi adotada por outras gravadoras. No momento, a Sony BMG é a única empresa do ramo que não possui acordos com o serviço de downloads da Amazon, principal concorrente do iTunes nos EUA.

“Os consumidores querem flexibilidade a respeito do que podem fazer com a música que compraram. Nós queremos dar a eles essa flexibilidade. Por isso, estamos satisfeitos por poder oferecer a música de nossos artistas na Amazon MP3” – disse Michael Nash, pertencente à Warner Music, e diretor de estratégia digital e desenvolvimento comercial da empresa.

Isso só demonstra que as gravadoras andam percebendo as mudanças do mercado, e precisam buscar novas formas de lucrar.