Move That Jukebox!


18 de março na história do rock by Nádia Lapa

Em 18 de março de…

1959 – A EMI anunciou que não mais produziria discos de 78 rpm.

1965 – Mick Jagger, Keith Richards e Bill Wyman foram presos por urinarem em um muro. A multa foi de 5 libras para cada um.

1967 – Pink Floyd assinou com a EMI no Reino Unido e o single “Penny Lane”, dos Beatles, chegou ao primeiro lugar das paradas. 

1976 – O filme “O homem que caiu na Terra”, protagonizado por David Bowie, estreia em Londres.

1977 – O primeiro single do The Clash, White Riot, é lançado. 

1989 – Uma rádio da Califórnia passou um rolo compressor em diversos discos de Cat Stevens, em protesto ao apoio que este dava ao aiatolá Khomeini.  Hoje, Stevens se converteu ao islamismo e é chamado de Yusuf Islam.

1994 – A polícia confiscou 4 armas e 25 caixas de munição da casa de Kurt Cobain, após a sua esposa, Courtney Love, demonstrar seu medo que o marido cometesse o suicídio. Não adiantou: em 05 de abril, o músico tirou a própria vida. 

1994 – Também em 1994, os Rolling Stones anunciaram a substituição de Bill Wyman por Darryl Jones. 

1996 – Os Sex Pistols anunciaram que iriam se reunir para uma turnê comemorativa dos 20 anos da banda. 

1997 – No Foo Fighters, Taylor Hawkins substitui William Goldsmith na bateria. 

E hoje é aniversário de Jerry Cantrell, guitarrista do Alice in Chains. Ele faz 43 anos.

Nádia Lapa

Anúncios


Uma dose exagerada de informação by movethatjukebox

Hoje é quarta-feira, mas está quase tudo parado devido as férias de final de ano e, claro, à véspera de ano novo. Todos preparados para o réveillon? Eu estou e, para finalizar o ano bem, venho fazer um mega update sobre os acontecimentos dos últimos dias. Como se não bastasse a coletânea do Marçal…

Ah, antes de começarmos… Você já votou no Best Blogs Brazil? O Move That Jukebox! está entre os cinco primeiros em sua categoria, mas queremos ainda mais – e, para isso, contamos com você! Se inspirem na mobilização bonita que está acontecendo na comunidade do The Killers em prol do nosso brogui (e, se você for moderador de alguma outra comunidade, mobilize seu povo!). Agora vamos lá…

– O Blur andou se atualizando e reformou completamente sua página no MySpace, que agora conta com blogs recentes e agenda de shows atualizada. Vale lembrar que o grupo volta aos palcos em Julho com dois shows marcados (sendo que um deles já teve seus ingressos esgotados) e que, segundo o The Sun, estão confirmadíssimos para o Glastonbury ’09. Mesmo com as atualizações, a tensão de saber quem são os misteriosos “special guests” não passa – uma situação semelhante à dos brasileiros em relação às bandas brasileiras que abrirão para Kraftwerk e Radiohead no Just a Fest, que acontece nos dias 20 e 21 de Março.

– Falando em Blur, o baixista Alex James falou ao The Mirror que ficaria surpreso se Amy Winehouse e Pete Doherty sobrevivessem até a virada do século. O curioso é que o próprio Alex, que já admitiu ter consumido cocaína em quantidades altíssimas, está vivíssimo até hoje com seus recém-comemorados quarenta anos. É mais ou menos aquele papo de cospir no prato em que comeu… ou não.

– Ah, emendando com o tópico de cima, o assistente do empresário de Amy deu uma declaração a um jornal local em que dizia que a cantora torrava cerca de 3,500 libras com drogas SEMANALMENTE. Além disso, Alex Haines ainda lembrou do momento bulímica de Wino contando que chegou a encontrar sua escova de dentes vo-mi-ta-da. Barbaridade, né? E o pior é que falavam que os dois tinham um caso, lembram?

– Sei que isso é desinteressante para a maioria de vocês, mas vale comentar que o Ladytron estará abrindo (mandem um “alô” pro meu gerundismo infame) para o bom e velho Depeche Mode láá na européia Península Balcânica em Maio. A gente nunca sabe quando um leitor jukeboxer vai dar uma passadinha por aquela região, não é verdade?

– Nomeado a personalidade do ano pelo MusiCares, o músico Neil Diamond receberá homenagens de Adele, Foo Fighters, Coldplay e de outros artistas em um concerto beneficente em fevereiro, coladinho com a cerimônia do Grammy. Com 67 anos, Neil segue os passos de outros grandes nomes como Bono Vox, Sting, Elton John, Quincy Jones e Pavarotti.

– Enquanto as apresentações brasileiras do Coldplay não são confirmadas, a banda divulga em seu site oficial algumas coisinhas para o Natal. Visitando Coldplay.com, você pode fazer o download gratuito de Viva La Vida remixada por Thin White Duke (a.k.a. Stuart Price, que já remixou Kasabian, New Order, Beck, The Killers, Madonna e uma penca de outros artistas) e conferir o quarteto usando gorros de papai noel e fazendo sua versão de Jinggle Bells com o ator Simon Pegg (ok que o vídeo não quer rodar no meu computador, mas ele está lá!). A performance natalina foi feita no O2 Arena, onde Chris Martin foi barrado durante alguns minutos por um segurança que não o reconheceu.

– Pegando as sobrinhas do Coldplay, estão dizendo por aí que Chris fará uma participação no próximo CD de Leona Lewis. Será?

– A campanha One Laptop Per Child (um laptop por criança, em português) recriou John Lennon digitalmente para dar ainda mais força à sua campanha. Na propaganda, John pode ser ouvido e assistido incentivando a causa: “Imagine se todas as crianças do mundo, independente de onde estiverem, pudessem acessar um universo de conhecimento”. Yoko Ono aprovou, e você vê o vídeo aqui:

Ian Brown, vocalista do extinto Stone Roses, avisou aos fãs pelo MySpace que está trabalhando em novo material. O sexto álbum do cara deve ser lançado em Agosto.

– Depois de lançar o documentário Mirroir Noir, o Arcade Fire está trabalhando em seu terceiro álbum – mas Win Butler avisa: Sem responsabilidade alguma. Butler contou à Pitchfork que está adorando compor sem ter a usual responsabilidade de gravar um disco em um período de tempo pré-determinado, mas também deixou claro que não quer fazer os fãs esperarem tanto para um álbum novo quanto aconteceu entre o lançamento de Funeral (2004) e Neon Bible (2007).

– O site A.V. Club publicou uma lista quilométrica do que, para ele, foram os piores nomes de bandas de 2008. Dividida em categorias (como “Melodramatic Theater Nerd Names”, “Still Doing The Wolf Thing” e “!!!!!!!!”), a lista classifica o Natalie Portman’s Shaved Head (da categoria “Reworking Proper Names and Trademarks”) como o pior nome de banda do ano. Aguardem, pois vocês vão saber o que o grupo achou disso assim que a primeira  magazine em PDF do Move That Jukebox! for lançada, na primeira quinzena de janeiro.

– Antes de ver o Little Joy ao vivo, os brasileiros vão poder comprar a edição nacional do disco do trio (que, ao vivo, se transforma num sexteto) em diversas lojas. O álbum será lançado pelo selo Som Livre Apresenta a partir de janeiro e foi escolhido pelo jornalista britânico Nick Hornby (autor do filme Alta Fidelidade) como o melhor de 2008. Na lista do rapaz, Vampire Weekend vem logo atrás (rimou, rere), na segunda posição.

– Assistindo a um show do Killers em Londres, Sir. Paul McCartney resolveu seguir a linha de Elton John e soltou que gostaria de gravar algo com os americanos. Mais uma vez usando o The Sun como fonte, eu digo a vocês: Paul não só gostou da apresentação como libertou seu eterno espirito jovial e entrou no camarim de Brandon Flowers dançando e usando uma máscara feito a de Alice Cooper. Tá aí algo que eu pagaria pra ver.

– Por hoje, é só. 2008 vai acabando e, nas últimas horas do ano, gostaria de desejar muita sorte, dinheiro e pessoas do sexo oposto (ou do mesmo sexo, caso você curta) a todos vocês! Feliz ano novo, uhuuu!

Por Alex Correa



Resumo da Semana by Gabriel

Björk e Sigur Rós

Björk e Sigur Rós (que em breve vem aí com disco novo), andam planejando um show gratuito lá na terra deles, dia 28 de junho. O motivo parece simples, aumentar a conscientização das pessoas da Islândia quanto à poluição. O local exato do show ainda não foi divulgado, mas sabe-se que será em Reykjavik, capital do país.

Algumas palavras foram dadas no site oficial da cantora, que chegam a citar sua turnê na América do Sul.

“Eu gastei por exemplo dois meses na América do Sul, e lá você vê os pobres fazendo reciclagem. Nós não podemos estar 30 anos atrás, nós precisamos trabalhos juntos nisso e de preferência devemos liderar o processo.”

De certa forma arrogante da parte dela.

The Go! Team

Os ingleses, que virão ao Brasil em breve e você confere a entrevista com eles aqui, gravaram uma nova versão de ‘Milk Crisis’, cantada em japonês e inglês por Kaori. Dia 21 de julho a faixa poderá ser conferida no site oficial do grupo, além de alguns vídeos e remixes raros. Em setembro começam a gravar seu terceiro disco.

Foo Fighters & Led Zeppelin

Mais uma dupla de peso para o resumo da semana. O histórico show do Foo Fighters no estádio Wembley, realmente foi histórico. Na segunda noite de show, Jimmy Page e John Paul Jones se juntaram a Dave Grohl e sua turma, apresentando clássicos como ‘Rock’n’Roll’ e ‘Ramble On’.

“Welcome to the greatest fucking day of my life!” – palavras de Dave Grohl, antes de ‘Best of You’, última música.

Confira o setlist abaixo:

‘The Pretender’
‘Times Like These’
‘No Way Back’
‘Cheer Up Boys, Your Make-Up Is Running’
‘Learn To Fly’
‘This Is A Call’
‘Long Road To Ruin’
‘Breakout’
‘Stacked Actors’
‘Skin And Bones’
‘Big Me’
‘Marigold’
‘My Hero’
‘Cold Day In The Sun’
‘Let It Die’
‘Everlong’
‘Monkey Wrench’
‘All My Life’
‘Rock’n’Roll’
‘Ramble On’
‘Best Of You’

Paul McCartney

Ele, que dispensa apresentações, em breve fará uma grande pausa nas longas turnês mundiais. Mas calma, apesar de não haver apresentações marcadas para o Brasil, o músico ainda fará uma turnê mundial, como divulgado aqui no blog mesmo.

O motivo é bem nobre, ele pretende aproveitar melhor sua família e a infância de Beatrice, sua filha mais nova.

Klaxons

Existem rumores em realação a uma gravação de uma faixa da banda com Natalie Imbruglia, reforçadas pelo Daily Mirror. Nada confirmado, mas sabe-se que o grupo anda trabalhando no sucessor de ‘Myths Of The Near Future’.

Joss Stone

A cantora confirmou mais um show aqui no Brasil, em São Paulo, agora na Bourbon Street, este mais intimista, dia 14, às 23h.

Além deste, Joss Stone se apresentará dia 13 de junho no Rio de Janeiro, no Vivo Rio, no Via Funchal em São Paulo, dia 16…no Teatro Positivo, em Curitiba, dia 18…e por fim, no Pepsi On Stage, dia 19, em Porto Alegre.

Os ingressos variam de 100 a 2.000 reais.

Autor: Gabriel Zorzo



Paul McCartney + David Grohl by Gabriel
maio 30, 2008, 2:29 pm
Filed under: Beatles, Foo Fighters, Paul McCartney | Tags: , , ,

Uma parceria no mínimo interessante está para acontecer.

Esse ano Liverpool foi nomeada a Capital Européia de Cultura, talvez uma estratégia para atrair mais turistas e alavancar a economia da região. Como conseqüência disso, uma série de shows estão sendo marcados por lá.

Dia 1° de junho, o ex-beatle Paul McCartney e o inquieto David Grohl dividirão o palco na histórica cidade dos Beatles, no estádio Anfield. No entanto, mantem-se mistério em relação à música que será executada.

No dia seguinte David Grohl retorna para o Foo Fighters e vai em direção a Manchester, para um show no estádio da cidade, conhecido curiosamente como ‘Estádio Cidade de Manchester’. O evento contará com o ‘Manic Street Preachers‘ e o ‘The Futureheads‘, antecedendo o show principal.

Mas não pára por aí, dia 6 e 7 de junho a banda ainda fará dois shows no conhecido estádio de Wembley, com ‘Supergrass’ e ‘Against Me!’ no primeiro dia, e ‘Supergrass’ e ‘The Futureheads’ no segundo dia.



Resumo da Semana by Gabriel

2ª Virada Cultural

Começa neste sábado (17) a 2ª Virada Cultural de São Paulo. No entanto, desta vez, o alvo será as cidades do interior do estado. Assim como a outra, que inclusive nos rendeu a entrevista da semana com o Luísa Mandou Um Beijo, o evento promete 24 horas de boa música e grandes atrações.

Acredita-se que mais de 500 mil pessoas marquem presença nos shows, inclusive no encerramento, que acontecerá amanhã na capital mesmo, no Parque Villa-Lobos, Zona Oeste da cidade.

Arnaldo Antunes, Funk Como Le Gusta, Lobão, Nação Zumbi, Luiz Melodia, Zeca Baleiro, Forgotten Boys, Juca Chaves, Pato Fu, Cachorro Grande e Cordel do Fogo Encantado são algumas das atrações confirmadas.

Paul McCartney

Momento fofoca.

E finalmente termina o casamento de Paul McCartney e Heather Mills, pelo menos provisioriamente. Como os dois moram separados há mais de 2 anos, foi concedida essa resolução provisiória. No entanto, eles têm 6 semanas para decidirem mudar de idéia e reatar. Mas depois dos 48 milhões de dólares arrancados de McCartney por Heather Mills, opção pouco provável.

Foo Fighters

O 105° aniversário da Harley-Davidson contará com grandes atrações. A última novidade é o Foo Fighters, que juntamente com ZZ Top, The Black Crowes, Black Rebel Motorcycle Club, Dayghtry e Bruce Springsteen, animarão a festa.

O evento ocorrerá entre os dias 28 e 31 de agosto na Summerfest Grounds em Milwaukee, Wisconsin.

Foo Fighters

Oasis

A banda estava sem baterista, por motivos já anunciados. Mas o problema já foi resolvido, ou quase.

Para substituir Zak Starkey, entra Chris Sharrock, que já contribuiu com Robbie Williams em um passado não muito remoto. Algumas fontes chegam a dizer que essa atitude de Noel, como bom encrenqueiro, tem em vista enfurecer Robbie Williams.

Coldplay

De acordo com Chris Martin, o vocalista, antes de começarem a gravar o próximo álbum deles, o Viva La Vida e muitas outras coisas, a relação entre eles não estava lá muito boa. O álbum foi de grande importância para que se reaproximassem.

“O lugar a que chegamos há dois anos parecia sujo. Nós não estávamos conversando. Todos nós tinhamos nosso escritório em um prédio, mas não havia curtição”

Parte da recuperação da amizade e do prazer em fazer música foi graças a Brian Eno, produtor deste último disco.

“Nós tivemos que ter o nosso próprio espaço e então chamar o Brian. Nós decidimos tocar em um pequeno espaço, esquecer as premiações e críticas.”

Outra coisa! O clipe de ‘Violet Hill’ já saiu, e você confere clicando aqui (pelo menos até que o You Tube delete). Sem contar a versão política não oficial, aqui.

Mallu Magalhães

Mallu Magalhães

A jovem revelação não cansa de fazer sucesso. Nessa semana, Mallu – que já deu as caras no Programa do Jô, Altas Horas, entre outros – estreou no novo comercial da Vivo, com a música ‘J1’. Cantando “pa-pa-pa-pá, will I have to try again?”, a mais nova revelação nacional mostra que realmente veio para ficar.

Confira o comercial:

Amy Winehouse, Pete Doherty e co.

Com tantas notícias (ou melhor, fofocas) sobre a cantora, não nos resta outra opção se não deixarmos pra falar tudo no final de semana.

Vamos começar com o vídeo estranho da dupla. Pete postou em seu canal de vídeo do YouTube três vídeos: Os dois primeiros são estranhos, toscos e, pra muita gente, talvez até crueis. Trata-se de uma filmagem dos amigos brincando com hamsters, 13, para ser mais exato. Um deles foi apelidado de Johnny Borrell (vocalista do Razorlight [tá, isso é um pouco engraçado]), algum outro foi responsabilizado pela entrega de uma mensagem de Amy para seu marido encarcerado, Blake Fielder Civil, que dizia “não se separe da Amy, ela te ama”. Doherty entregou uma outra mensagem para um terceiro roedor: “Se você pedir divórcio, vai ter que se ver comigo”. Você pode ver um desses filmes aqui, o outro foi deletado pelo próprio Pete Doherty. Mas ela não tava tendo um affair com um tal de Alex Hanes? Whatever.

Em Novembro de 2007, o vocalista da banda Palladium, Peter Pepper, falou à imprensa que Amy Winehouse havia matado seu hamster no ano anterior. Pra relembrar a história, clique aqui.

Agora, vamos ao terceiro. Mais “cool” do que os que citei acima (sem dúvida nenhuma), você pode conferir na gravação a mais-magra-do-que-nunca Amy Winehouse em uma bonita performance com sua afilhada. A menina de apenas 12 anos – chamada Dianne D. – mostra sua bonita voz em frente a bandeira do Reino Unido, enquanto sua madrinha toca guitarra. Ao que tudo indica, a música se chama “If I Ain’t Got You” e foi gravada na casa de Pete Doherty. Confira abaixo:

Mais algumas informações:

A dupla está tentando compor uma música faz tempo, mas Winehouse diz que tudo que o amigo compoe é porcaria, segundo o The Mirror. Outra coisa, sairam umas fotos polêmicas no Daily Mail da cantora correndo descalça em um parque inglês. O que chama a atenção é a falta de gordura da cantora. Veja.

Também dizem que Wino vai receber uma quantia equivalente a cerca de 3 milhões de reais para tocar na inauguração de uma galeria de artes em Moscou. A performance deve acontecer no mês que vem.

Saindo de Amy Winehouse…

Lou Reed

O músico que foi consagrado pelo Velvet Underground vai ter seu próprio programa de rádio. ‘Lou Reed’s New York Suffle’ estréia hoje na rádio nova-iorquina Sirius. Reed disse que esse será um programa eclético, onde se poderá ouvir de tudo um pouco: Rock, Jazz, Country ou Ópera, “como era nos velhos tempos”.

Lou Reed

Lúcio Ribeiro e Shows no Brasil

Esse jornalista confirma tantos shows no Brasil que merece uma parte do nosso resumo da semana só pra ele. Só nos resta saber se o que ele diz realmente vai acontecer. Nessa semana, Lúcio postou o seguinte em seu blog:

* TIM FESTIVAL 2008 – O superfestival brasileiro, que precisa reconquistar o amor paulistano, começa a ficar apaixonante…
– Gossip (confirmado)
– KLAXONS (confirmado)
– MGMT (confirmado)
– SANTOGOLD (confirmado)
– Leonard Cohen (quase)
– Mika (pode ser)
– Beirut (pode dar para trás)
– Gogol Bordello (confirmado)
– Amy Winehouse (o Tim quer, ela diz que sim, mas vai saber…)
– Radiohead (xi…)
– Marcelo Camelo solo (confirmado)

O rapaz também disse que “Um integrante do grupo Mando Diao disse em Estocolmo que está acertado para tocar em um festival brasileiro em agosto”. Em qual festival? Supostamente, no Indie Rock, que já conta com Broken Social Scene e The Kooks em seu line-up.

Peter Bjorn & John, donos do hit ‘Young Folks’ – que, diga-se de passagem, ganhou uma ótima versão na voz de Luke Pritchard – devem tocar em nossa terra em Setembro. Por enquanto, duas apresentações foram confirmadas, e ambas em festivais: Invasão Sueca e No Ar Coquetel Molotov, que acontecem em Setembro respectivamente em São Paulo e Recife. Dizem por aí que Radio Dept e Acid House Kings também devem aparecer na Invasão Sueca.

A banda Metric está na lista de shows de 2008. Os canadenses farão uma performance no festival paulista Motomix, ao lado de The Go! Team e Fujiya & Miyagi. Data? 28 de Junho. A entrada é franca.

Kaiser Chiefs

Echo & The Bunnymen, banda de inglesa de post-punk, também confirmou a passagem pelo Brasil. O grupo vem no início de Julho para tocar em São Paulo (Via Funchal, dia 2), Curitiba (Helloch, dia 4) e em Porto Alegre (Pepsi Stage, dia 5). O grupo lança seu décimo primeiro álbum – que se chamará ‘The Fountain’ – no dia 14 do mesmo mês.

E pra terminar, Kaiser Chiefs no Brasil. Bom, foi o que a Ilustrada da Folha Online anunciou: a banda fechou com o Festival Planeta Terra.



BRIT Awards abala a noite de quarta-feira by Cedric

Alguns vídeos desse post foram bloqueados pelo YouTube e pela Industria Fonográfica Britânica. Estamos trabalhando para remarar o problema, nos desculpe. 

Ontem a noite aconteceu o BRIT Awards, maior premiação de música da Grã-Bretanha.

A noite foi marcada pela incrível apresentação de Mark Ronson (que ganhou o premio de melhor cantor solo) com seus convidados; Por Foo Fighters, Take That e Arctic Monkeys, que ganharam dois prêmios cada um; Pelos jogos de luzes do show de Rihanna com Klaxons; Por Paul McCartney, que foi homenageado por sua contribuição a música; e muito mais.

Pra deixar tudo organizado, vamos separar tudinho.

– Mark Ronson Presents…

Como disse na introdução desse post, o BRITs contou com o show de Mark Ronson. Já o Mark Ronson, contou com o lindo palco montado para ele, com muitas cores e luzes. O músico – que fez um bombante show na noite passada – contou com seus 3 fantásticos amigos: Adele, a cantora gordinha de Jazz/Soul que emprestou sua incrível voz ao cover de ‘Got Put A Smile On Your Face’, do Coldplay (uma espécie de ‘nova Amy Winehouse’, segundo a BBC). Daniel Merriweather, o cara que já havia sido apresentado ao público de Ronson no ‘Version’, fazendo o cover de The Smiths. E por último, e infinitamente mais importante – para mim – Amy Winehouse.

Mark ganhou o premio de melhor artista solo britânico e falou que nunca foi tão grato em toda a sua vida. Veja o vídeo da apresentação:

– Amy Winehouse

Amy, Amy, Amy *suspiros*. Algumas horas antes de se apresentar no BRIT, Amy Winehouse descobriu por terceiros que seu marido – Blake Fielder-Civil, que está preso – andou trocando autógrafos dela por heroína. Mesmo chocada, a cantora fez um excelente show na premiação. ‘Valerie’, um cover com Mark Ronson de The Zutons, foi a primeira música interpretada publicamente pela cantora depois de deixar o rehab.

Wino dançou e parecia bastante feliz por estar lá. A música, que na letra original fala “Did you have to go to jail?/I got you a good lawyer” sofreu adaptações – assim como ‘Rehab’ e ‘You Know I’m No Good’, no Grammy. Nada de mais, apenas um artifício usado por Amy para não deixar de falar de seu amor.

MAS só uma música não foi o suficiente. Mais tarde, a cantora foi recebida calorosamente por seu público, ao som de ‘Love Is A Losing Game’ – do super ‘Back to Black’ – , dessa vez, sem o Mark. Além de mudar a letra de ‘Valerie’ para “I’m gonna get you out of jail/I’ve got you a good lawyer”, Amy pediu para seu público “fazer barulho para seu marido, seu Blake”.

Assista ao vídeo de ‘Valerie’ clicando aqui. Abaixo você confere ‘Love Is A Losing Game’:

– Arctic Monkeys

Os Monkeys concorreram a três prêmios: Melhor Grupo, Melhor Álbum e Melhor Show. Saíram merecidamente vitoriosos, levando 2 deles – Melhor Grupo e Melhor Álbum – para casa. O título que foi perdido por eles estava sendo disputado por outros 4 grandes nomes: Muse, Kaiser Chiefs, Klaxons e Take That, que ganhou o premio.

Você acha que os caras deixaram de comemorar por causa disso? Que nada. Os prêmios que levaram foram homenageados em grande estilo: Champagne, whiskey importado e alegria de sobra.

Um viva ao Arctic Monkeys o/ *vivaaa*. Abaixo você confere o vídeo das agradecidas palavras de Alex Turner e Nick O’Malley:

– Klaxons e Rihanna

Na premiação, os new ravers do Klaxons (concorreram a dois prêmios, perderam os dois) fizeram uma apresentação especial com a cantora Rihanna (concorreu a um premio e também perdeu). O palco tava bonito, uma pirâmide que lembrava a típica decoração do Daft Punk. As luzes, incríveis. Lasers pra todos os lados, muito interessante.

A música? Um mash-up. Explicando melhor: Uma mistura das letras e voz de ‘Umbrella’ (Rihanna) com a melodia de ‘Golden Skans’ (Klaxons). Ficou bom, bom.

Lembrando que Simon, Jamie, James e Steffan têm visita marcada ao Festival Indie Rock, no Brasil.

Assista ao vídeo do show:

Abaixo você confere a lista dos ganhadores e seus respectivos prêmios:

British Male Solo Artist (solo masculino)
Jamie T
Mark Ronson
Mika
Newton Faulkner
Richard Hawley

British Female Solo Artist (solo feminino)
Bat For Lashes
Kate Nash
KT Tunstall
Leona Lewis
PJ Harvey

British Group (banda)
Arctic Monkeys
Editors
Girls Aloud
Kaiser Chiefs
Take That

British Album (álbum)
Arctic Monkeys – ‘Favourite Worst Nightmare’
Leona Lewis – ‘Spirit’
Mark Ronson – ‘Version’
Mika – ‘Life In Cartoon Motion’
Take That – ‘Beautiful World’

British Breakthrough Act (revelação)
Bat For Lashes
Kate Nash
Klaxons
Leona Lewis
Mika

British Live Act (ao vivo)
Arctic Monkeys
Kaiser Chiefs
Klaxons
Muse

Take That

British Single (single)
The Hoosiers – ‘Worried About Ray’
Leona Lewis – ‘Bleeding Love’
Mark Ronson – ‘Valerie’ featuring Amy Whinehouse’
Mika – ‘Grace Kelly’
Take That – ‘Shine’

International Male Solo Artist (solo masculino internacional)
Bruce Springsteen
Kanye West
Rufus Wainwright
Timbaland

International Female Solo Artist (solo feminino internacional)
Alicia Keys
Bjork
Feist
Kylie Minogue
Rihanna

International Group (banda internacional)
Arcade Fire
Eagles
Foo Fighters
Kings Of Leon
The White Stripes

International Album (álbum internacional)
Arcade Fire – ‘Neon Bible’
Eagles – ‘Long Road Out Of Eden’
Foo Fighters – ‘Echoes Silence Patience’
Kings Of Leon ‘Because Of The Times’
Kylie Minogue – ‘X’



Amy Winehouse domina Grammy by Gabriel
fevereiro 11, 2008, 11:38 am
Filed under: Foo Fighters | Tags: , , , , ,

Indicada a 6 Grammy’s, Amy Winehouse conquista 5 estatuetas, perdendo somente na categoria ‘álbum do ano’.

A cantora britânica, que não conseguiu seu visto norte-americano a tempo, apresentou-se via satélite em um clube de Londres, dedicando o prêmio ao seu problemático marido Blake, sua cidade Londres, seu pai, e claro, sua mãe, que esteve ao seu lado.

Amy também nos deu duas grandes performances de ‘You Know I’m No Good’ e ‘Rehab’.

Mas não para por aí! Mesmo que indiretamente, ela ainda conquistou outro prêmio. Mark Ronson, seu produtor, levou a estatueta de melhor produtor não clássico.

Um grande feito, não? Após um ano bem turbulento, Amy Winehouse ainda teve fôlego para conquistar todos esses prêmios, incluindo ‘Canção do Ano’, ‘Artista Revelação’, ‘Melhor Interpretação Vocal Feminina Pop’, ‘Gravação do Ano’ e ‘Melhor Álbum Pop’.

Concorra agora mesmo ao DVD ‘I Told You I Was Trouble’, clicando aqui.

Continuando no assunto de Grammy, os três brasileiros que concorriam à estatueta de ‘World Music’ não se deram bem. A força da música brasileira nada pôde fazer. Mesmo com três nomes de peso (Gilberto Gil, Bebel Gilberto e Céu), o prêmio ficou para Angelique Kidjo, representante de Benin.

Vale destacar também a presença de um fã ao lado do Foo Fighters, parte da promoção ‘My Grammy Moment’, onde uma violinista tocou ao lado da banda.

Veja um video da performance de Amy abaixo (no vídeo você também confere o momento que a cantora recebe o premio de ‘Melhor Gravação”). A cantora está LINDA, SAUDAVEL e o melhor de tudo: Oferece pra todo mundo uma performance INCRIVEL, pra calar a boca de todos aqueles cidadãos que não param de criticar Wino:

A lista dos vencedores você confere abaixo..:

Gravação do Ano: “Rehab”, de Amy Winehouse.

Álbum do Ano: “River: The Joni Letters”, de Herbie Hancock.

Canção do Ano: “Rehab”, de Amy Winehouse.

Artista Revelação: Amy Winehouse.

Álbum de Pop Instrumental: “The Mix-Up”, dos Beastie Boys.

Álbum de Pop Vocal: “Back To Black”, de Amy Winehouse.

Gravação de Dance: “LoveStoned/I Think She Knows”, de Justin Timberlake.

Álbum de Electrônica/Dance: “We Are The Night”, de The Chemical Brothers.

Álbum de Pop Vocal Tradicional: “Call Me Irresponsible”, de Michael Bublé.

Canção de Rock: “Rádio Nowhere”, de Bruce Springsteen (do álbum “Magic”).

Álbum de Rock: “Echoes, Silence, Patience and Grace”, do Foo Fighters.

Álbum de Música Alternativa: “Icky Thump”, de The White Stripes.

Canção de R&B: “No One”, de Dirty Harry, Kerry Brothers e Alicia Keys.

Álbum de R&B: “Funk This”, de Chaka Khan.

Canção de Rap: “Good Life”, de Aldrin Davis, Mike Dean, Faheem Najm e Kanye West.

Álbum de Rap: “Graduation”, de Kanye West.

Álbum de Country: “These Days”, de Vince Gill.

Álbum de Pop Latino: “El tren de los momentos”, de Alejandro Sanz.

Álbum de Rock Latino ou Alternativo: “No hay espacio”, de Black:Guayaba.

Álbum Latino Urbano: “Residente o visitante”, de Calle 13.

Álbum Latino Tropical: “La llave de mi corazón”, de Juan Luis Guerra.

Álbum Mexicano ou México-Americano: “100% Mexicano”, de Pepe Aguilar.

Álbum Texano: “Before The Next Teardrop Falls”, de Little Joe & La Familia.

Álbum Nortista: “Detalles y emociones”, de Los Tigres del Norte.

Álbum de Banda: “Te va a gustar”, de El Chapo.

Álbum de Blues Contemporâneo: “The Road to Escondido”, de J. Cale e Eric Clapton.

Álbum de Reggae: “Mind Control”, de Stephen Marley.

Trilha Sonora: “Ratatouille”, de Michael Giacchino.