Move That Jukebox!


Bandas de rock solidárias by Nádia Lapa
março 18, 2009, 6:49 pm
Filed under: Outros | Tags: , , , , ,

071023maximopark01_a

Não é de hoje que artistas e bandas de rock são solidárias com causas sociais. Momento emblemático da década de 1980 foi a gravação, por 44 cantores, da música “We are the world”, cujo LP, single e clipe renderam 55 milhões de dólares. Todo o lucro foi utilizado  no combate à fome na África.

Em 13 de julho do mesmo ano (1985), aconteceram concertos simultâneos para arrecadar recursos com o fim de ajudar a Etiópia:  um em Wembley (Londres) e outro no JFK Stadium, na Filadélfia. Conhecido como Live Aid, o evento inspirou outros shows ao redor do globo e arrecadou mais de 200 milhões de dólares.

Vinte anos depois, a inspiração do Live Aid continuava entre os músicos. Mais de mil deles, em nove países, reuniram-se com o intuito de chamar a atenção para as desigualdades sociais do nosso planeta. Os shows do Live 8  foram vistos por 3 bilhões de pessoas em todo o mundo (segundo estimativas dos organizadores).

Agora, em 2009, a Terra continua com os mesmos problemas de antes (pobreza, desigualdades sociais, fome). Porém, hoje o fantasma da Aids e a crise financeira tornaram tudo ainda mais complicado.

Por tudo isso, pipocam shows beneficentes. É o caso do Maximo Park, que toca amanhã no Newcastle College Performance Academy. As entradas serão distribuídas gratuitamente por ordem de chegada, mas serão vendidos discos de vinil da nova música da banda, Wraithlike. Toda a renda será revertida para a No Surrender, organização de combate ao câncer.

Uma campanha curiosa é a da Crisis, instituição inglesa que cuida dos sem-teto. Durante os meses de maio e junho, ocorrerão shows em Londres de bandas como Hot Chip, Filthy Dukes, Dodgy e The Bluetones. Neste caso, os ingressos serão pagos. Porém, o local onde os shows ocorrerão só serão divulgados aos compradores 24 horas antes da apresentação. A idéia é que as pessoas experimentem o que os sem-teto sentem todos os dias: eles não sabem onde vão terminar a noite. O certo é que, para as pessoas que podem pagar cerca de 30 libras pelo ingresso, a noite terminará mais feliz.

Nádia Lapa

Anúncios

1 Comentário so far
Deixe um comentário

Eu sou a maior entusiasta do maxïmo Park aqui no Brasil. Se esses meninos vierem algum dia pra cá, nem sei o que faço!

E a musica nova é ótima!

Comentário por Bridget Jones




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: