Move That Jukebox!


Placebo luta pelo Sol by Nádia Lapa
março 16, 2009, 7:35 pm
Filed under: Outros | Tags: ,

placebo

Surpreendentemente, a banda Placebo lançará em 8 de junho um álbum “otimista”. A começar pelo próprio título, Battle for the sun.  Mais uma novidade:  Steve Hewitt, bateirista da banda desde 1996, foi substituído por Steve Forrest, um californiano de apenas 22 anos.

Como o contrato com a Virgin Records acabou, a banda decidiu financiar e licenciar o álbum com os próprios recursos.

O vocalista Brian Molko explicou a mudança de atitude: “Fizemos um disco sobre escolher a vida, escolher viver,  e sair das trevas para a luz. Não se pode esquecer da escuridão, pois ela está sempre está lá. Mas é possível, sim, escolher ficar sob os raios de sol”.

“Surpresa” é pouco. Estou abismada.

Nádia Lapa, que curtia um Placebo mais deprê



Lançamentos by Nádia Lapa
março 16, 2009, 7:21 pm
Filed under: Outros | Tags: ,

planeta-terra-breeders

O novo álbum do Breeders terá um cover de Chances Are, de Bob Marley. Kim Deal, vocalista da banda que tocou aqui ano passado no Festival Planeta Terra, deixou claro que eles não passarão a tocar reggae.

***

Já o The Zombies vai colocar no mercado um DVD com as gravações de três shows comemorativos realizados em março do ano passado em Londres. Na ocasião, foram tocadas canções do clássico álbum de 1968 Odessey and Oracle.  Em abril, a banda se reunirá novamente para os shows de lançamento do DVD ‘Odessey and Oracle Revisited: The 40th Anniversary Concert’. Aparentemente, pela última vez.

 



Bob Dylan em diferentes mídias by Nádia Lapa
março 16, 2009, 6:41 pm
Filed under: Bob Dylan | Tags: ,

together_through_life-promo

O cantor Bob Dylan anunciou em seu site que lançará em 28 de abril o 33º álbum da sua carreira. Foi o próprio músico que produziu o disco (utilizando o codinome de Jack Frost), criado a partir da composição de “Life is Hard”, feita para um filme do diretor francês Oliver Dahan.

Uma entrevista com o cantor foi disponibilizada no site oficial de Dylan. Para ler, clique aqui.

No mesmo mês, o músico fará uma turnê pelo Reino Unido.

blog_paulrogers_foreveryoung-763656

 

Além disso, o livro infantil Forever Young, de autoria de Dylan e ilustrado pelo artista Paul Rogers, terá uma edição brasileira. A obra baseia-se na canção homônima, lançada em 1974. O nome do livro em português ainda não foi divulgado, bem como a data de lançamento.

Nádia Lapa



A-Ha ganha remixes para campanha do novo Vectra by movethatjukebox
março 16, 2009, 2:48 pm
Filed under: Outros | Tags: , , ,

Abusando de tecnologia e interatividade, a Chrevolet acaba de lançar a campanha de sua nova máquina, o Vectra GT Remix. Para a trilha sonora, o mega-hit histórico ‘Take On Me’, do A-Ha, ganhou três versões inéditas, remixadas por Mau Mau, Propulse e The Twelves.

Os músicos ainda ganharam uma volta de teste mega-acelerada no novo modelo do carro, no Campo de Provas da Cruz Alta, localizada no interior de São Paulo. Acessando GTremix.com.br, você faz o download dos três remixes e ainda assiste às voltas dos DJs. No site, também dá pra fazer um test-drive virtual do GT Remix, mas é claro que não tem tanta graça assim.

propulse

Propulse, o cara mais desbocado do circuito

Alex Correa



Chuva no Rio, Keane no Citibank Hall by movethatjukebox
março 16, 2009, 1:42 pm
Filed under: Outros | Tags: , , ,

WARMING UP

keane-2Tudo parecia bem calmo no estacionamento minutos antes do show marcado para as 22h no Citibank Hall: pouca movimentação ao redor do shopping onde fica a casa de shows e uma meia dúzia de atrasados na bilheteria. Mesmo os cambistas parecem ter evitado esta noite chuvosa no Rio de Janeiro. Sabe-se lá porque, né?  Vai que eles não se garantem numa sexta feira 13 de lua cheia…

Tanto que testemunhei algo inédito pra mim: um segurança (daqueles 2 m x 2m) abordava compradores na fila e oferecia ingressos de cortesia ao preço de meia entrada para quem fosse pagar com dinheiro. WTF????

Mas vamos ao que interessa.

Deixei pra entrar em cima da hora (escolha esquizofrênica de abertura: Fresno = não). E me surpreendi ao ver bastaaaante gente lá dentro para o segundo show do Keane na cidade maravilhosa. Um público mais numeroso que aquele da primeira passagem da banda por aqui em 2007. Eco das trilhas de novela? Talvez. Essa aposta faz bastante sentido quando você percebe a já tradicional mistureba que é o publico carioca em eventos desse tipo.

Outro fato curioso: considerando que o publico cresceu em dois anos você logo pensa: “puxa, esse disco novo deve ter feito sucesso mesmo!”. Nem.

As musicas que balançaram as estruturas locais foram mesmo as dos dois primeiros discos da banda (Hopes and Fears, de 2004, Under the Iron Sea, de 2006). A teoria novelesca/popradio marca mais um ponto.

E antes de começar a falar do show propriamente dito, preciso deixar claro uma coisa: eu não curto muito o Perfect Symmetry, lançado em 2008. Pra mim é o mais fraco dos três da banda. Tem uma ou outra musica mais interessante e tal. Mas como obra mesmo, acho este bem atrás dos antecessores.

O SHOW

O palco era simples. Ao contrario da ultima passagem da banda por aqui que contava com vááários telões e torres de luz, dessa vez tudo limitou-se a um fundo de palco com triângulos coloridos nos motivos da arte do disco.

Quando as luzes se apagaram, bexigas começaram a ser jogadas pra cima (como aconteceu no show de São Paulo) pelos fãs debruçados na grade, muitos flashes e gritos. A banda iniciou esse que foi o ultimo show da turnê jogando o o público pra cima com “Everybody’s changing” logo na segunda musica.

O saltitante Tom Chaplin corria loucamente de um lado pro outro do palco esbanjando fôlego e sua bela voz.

As baladas do Keane funcionam assim: bases de piano muito marcantes, se alternam entre lentas e muuuito reflexivas ou verdadeiros hinos pop com refrões fortes e dramáticos sempre com melodias precisas e muitas viradas.

Entre musicas novas e seus maiores sucessos, o Keane trouxe o publico pra dentro do show com muito papo entre as musicas, recadinhos em português e um elogio atrás do outro aos fãs brasileiros.

MOMENTO FOFO

Já com as bochechas roxas de calor, Tom pegou um violão para cantar sozinho no palco “Playing Along” para um arsenal de câmeras e flashes enlouquecidos. Na sequência, seus companheiros de banda retornaram para um set curto e “acústico” que contou com a canção “Early Winter”, composta pelo tecladista/co-fundador Tim Rice-Oxley e gravada pela ex-rockeira/divapop  Gwen Stefani em seu último CD.

Da dançante “Spiralling”, passando pela comoção em coro de “Leaving so soon”, até o fechamento com os hits “Somewhere Only We Know” e “Crystal Ball” o Kenae fez um ótimo show de repertório impecável e simpatia incontestável.

keane1

Para finalizar, voltaram para o bis com três musicas. Um cover de “Under Pressure” do Queen (uma espécie de pais musicais da banda, sem duvida. Na ultima turnê o homenageado foi o U2), a aniamda “Is it any Wonder” e seus synths, e a balada de letra triiiiiste “Bedshaped” (eco da fase rehab de Tom).

Sexta feira chuvosa no Rio? Nada como uma boa dose de rock inglês.

Setlist:
01.The Lovers Are Losing
02.Everybody’s Changing
03.Bend and Break
04.Nothing in my Way
05.Again and Again
06.Atlantic
07.This is the Last Time
08.Spiralling
09. Playing Along
10. Try Again
11. Early Winter /Sunshine
12.You Haven’t Told Me Anything
13.Leaving So Soon?
14.You Don’t See Me
15.Perfect Symmetry
16.Somewhere Only We Know
17.Crystal Ball
18.Under Pressure
19.Is It Any Wonder?
20.Bedshaped

Henrique Sauer



As rapidinhas dos britânicos são as melhores! by Nádia Lapa

Acho que “Lily Allen” só perde pra “Franz Ferdinand” em número de aparições neste blog nos últimos dias. Também, ela se esforça pra ser notícia! É claro que ninguém jamais falaria nela se o mais recente álbum da inglesa, It’s not me, it’s you, não fosse um sucesso.

No sábado, dia 14, ela fez um show em Glasgow, na Escócia. Contrariando as tradições locais, embebedou-se com vinho branco durante a apresentação. No final, foi vista vomitando horrores na calçada.

Da próxima vez, vá de scotch mesmo, bonita!

***

Frequentemente comparada à moça da notícia acima, a irlandesa Kate Nash já gravou 14 das 16 músicas previstas para seu segundo álbum. Segundo a cantora, o novo CD será diferente do primeiro, Made of Bricks, lançado em 2007.  Duas canções já foram apresentadas ao público ano passado: I hate seagulls e Froggy. Vamos ver se alguma delas repete o sucesso de Foundations.

Eu sou amarga porque chupo limões, mas eu não bato em fotógrafos, tá?

Eu sou amarga porque chupo limões, mas eu não bato em fotógrafos, tá?

***

Continuando com moças do Reino Unido, Amy Winehouse está gastando 2 milhões de libras (quase seis milhões e meio de reais) para montar um estúdio de gravação na própria casa. Será que vai faltar dinheiro pras outras coisas que ela costuma comprar? E pra pagamento de fiança?

***

Mais Radiohead: o vocalista da banda, Thom Yorke, fez um remix da música Gazillion Ear, do rapper DOOM (conhecido até recentemente como MF DOOM). A obra só será lançada em 24 de março, mas já tem um trechinho dela rolando na rede, bem aqui. Yorke conseguiu dar uma vibe bem Radiohead à música.

***

Eu não consigo tirar o pé do velho mundo! Ingressos para os shows do U2 no Reino Unido começarão a ser vendidos na próxima sexta, dia 20. É claro que devem esgotar em segundos, como vem acontecendo com todos os grandes shows ultimamente. Como já foi dito aqui anteriormente, as apresentações acontecerão em estádios. O primeiro show marcado será nada mais nada menos que em Wembley, Londres, em 14 de agosto. Nos dias seguintes, Bono e cia se apresentarão em Glasgow, Sheffield e Cardiff.

Os ingressos serão vendidos aqui.

Estamos esperando vocês aqui!

Estamos esperando vocês aqui!

***

Desisti de abandonar a Inglaterra querida. Então taí a última notícia dessa seção: Bloc Party lancará em maio uma versão remixada de seu terceiro álbum, Intimacy. Em 27 de abril sairá o primeiro single: Signs, mixado por Armand Von Helden. Segue a lista de músicas e os respectivos produtores:

‘Ares’ (Villains)
‘Mercury’ (Hervé Is In Disarray)
‘Halo’ (We Have Band Dub)
‘Biko’ (Mogwai)
‘Trojan Horse’ (John B)
‘Signs’ (Armand Van Helden)
‘One Month Off’ (Filthy Dukes)
‘Zephyrus’ (Phase One)
‘Talons’ (Phones RIP)
‘Better Than Heaven’ (No Age)
‘Ion Square’ (Banjo or Freakout)
‘Letter To My Son’ (Gold Panda)
‘Your Visits Are Getting Shorter’ (Double D)

Eu tenho um nome impronunciável e fiz um show ruim no Planeta Terra, mas quero ganhar um dinheirinho. Hã? Show da MTV brasileira? Hã?Não lembro...

Eu tenho um nome impronunciável e fiz um show ruim no Planeta Terra, mas quero ganhar um dinheirinho. Hã? Show da MTV brasileira? Hã?Não lembro...

Nádia Lapa, que tem certeza que nasceu no lugar errado. God save the Queen!



Não vai no Just a Fest? Prepare a pipoca by marçal
março 16, 2009, 11:34 am
Filed under: Los Hermanos

Boa notícia para aqueles que não vão ao Just a Fest, e que recbem qualquer notícia do festival como uma tragédia. Preparem a pipoca e arrumem sua melhor poltrona, pois o show de retorno (será?) dos nossos queridos Los Hermanos será transmitido na íntegra pelo canal pago Multishow, à partir das 21h de domingo (22/03). Não tem tv a cabo? Sem problemas, o show também estará disponível ao vivo no site do Multishow.

By the way, quem continuar assistindo o canal após o término do show terá direito a assistir agradáveis trinta minutos de cada um dos outros shows, Kraftwerk e Radiohead. E para quem vai no show, vai um quiz sobre as bandas para manter o clima e segurar (ou aumentar) um pouco a ansiedade.

Marçal Righi