Move That Jukebox!


Crítica: Andrew Bird – Noble Beast by movethatjukebox
fevereiro 2, 2009, 2:24 pm
Filed under: Outros

2009 é um ano que promete. Além da citável vinda do Radiohead e do Kraftwerk, teremos (e já tivemos) grandes lançamentos de discos, como os do Franz Ferdinand, Animal Collective e Built to Spill. Mas o ano nem virou direito e eu já vou dar uma dica de candidato a favorito naquelas listas que faremos em Dezembro. Que atire a primeira pedra aquele que nunca fez um download ilegal na internet, acredito que quase todos que lêem o MTJ usufruem da nossa comunidade de downloads, e apareceu por lá no fim do ano que passou um lançamento incrivelmente antecipado, Noble Beast, do compositor e multi-instrumentista – com destaque nos ofícios de violinista – americano Andrew Bird.

Uma coisa eu digo: se Armchair Apocrypha (2007) tinha um jeitão todo urbano e misterioso, o “Besta Nobre” mostra-se mais melódico e rural, com Bird usando muito um artíficio seu que acaba ficando como uma marca registrada das composições: o assovio. O disco em si é bem coeso, as voz dele também ajuda, é quase impecável e fácil de gostar, e talvez seja essa semi-perfeição em tudo o ponto fraco de Noble Beast, que ao decorrer da audição vai se tornando meio irritante. Outra escorregada que Andrew deu foi, ao adotar um som menos rock, saturou os violinos, o que com que houvesse aí um desequilíbrio em relação à gravações anteriores.

De qualquer modo, perfeito ou imperfeito, saturado ou não, Andrew Bird abre 2009 reafirmando ser um grande músico e um notório compositor, privilegiando-nos com sua mistura de rock, jazz e música clássica, coisa que não se acha em qualquer esquina aí.

Por Cédric Fanti

Anúncios

6 Comentários so far
Deixe um comentário

noel gallagher beast q

Comentário por alex correa

Nobel Beast Q
Pra mim um dos melhores discos lançado esse ano.

Comentário por Bruno

Alguem tem o link pro cd??
Posta la na comu!!

Comentário por Marck

Com toda a certeza, esse cd de Andrew Bird é muito bom. Não diria que é tão irritante durante a audição, mas que senti a falta de um som mais “nervoso” como dos dois cd’s anteriores. Mas vou procurar o albúm ripado do cd juntamente com o cd extra que ainda não tenho =) (o que a falta de dinheiro não faz, já que compraria o cd dele com todos gosto… claro, nisso vale salientar que os cd’s dele não são lançados aqui no país, logo teria que importar e o preço ficaria lá em cima =/ )

Comentário por Antonio

Taí um que estava esperando para esse ano.
Falando em esperas, já ouviu o novo do Malajube?
Vazou já.

Relise no Oh! Le musik.
Passa lá! Abraço!

Comentário por Priscila




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: