Move That Jukebox!


Vanguart grava “Multishow Apresenta” by movethatjukebox
janeiro 23, 2009, 1:18 pm
Filed under: Outros

Da série “Coisas que deveriam ter ido ao ar na revista e agora parecem atrasadas”

vanguartAntes de mais nada, é fundamental dizer como é gratificante ver um artista sair do “underground” e sentir sua escalada rumo ao mainstream. De Cuiabá para São Paulo, de show em show, de programa de TV à programa de internet, o Vanguart se destaca como a maior e melhor banda folk do Brasil e sem precisar de refrões fáceis e (só) em português. Nada mais justo, então, que um contrato com a Universal Music e como cartão de visitas, um registro ao vivo para resumir os 6 anos da banda.

Então, no ultimo dia 11 de dezembro, o Vanguart combinou com os fãs a gravação do material base do DVD “Multishow Apresenta”, uma parceria do canal de TV com a gravadora, que já rendeu diversos registros de artistas. Sem venda de ingressos e em um horário fácil (21h), não houve problema algum para encher o Avenida Club, em São Paulo.

Participar de um show que vai virar DVD é mais cansativo e menos emocionante do que um show ‘normal’. Afinal, o resultado final precisa ficar lindo. E, evidentemente, todo mundo embaixo do palco faz uma atuaçãozinha para sair mais bonito. Mas de toda forma, foi lindo assistir (mais uma vez) as principais músicas do primeiro cd da banda, as novas e os convidados: ao lado de Mallu Magalhães (sim, tinham quatro olhinhos lacrimejando no palco), o dueto tocou duas vezes “Last Time I Saw” e no final, mais uma, só o vocalista Hélio; depois teve Luiz Carlini e sua guitarra havaiana na inédita ‘You Know Me So Well’ (também duas vezes, a pedido do convidado); algumas músicas com o quarteto de cordas e uma outra nova com o tocador de acordeon Arthur de Faria, que deram aquela cara de “acústico MTV”, apesar dos instrumentos elétricos. Teve também um versão de “O Mar”, de Dorival Caymmi, que, apesar de linda, não teve cantoria do público e duas outras canções novas. Teve também, a já tradicional flor no violão de Hélio, a maravilhosa voz de Reginaldo em “Beloved” (ele deveria cantar mais músicas!) e um maquiador invadindo o palco de tempos em tempos, para deixar a banda mais bonitinha.

vangs

Curiosamente, um público adolescente dominava a frente do palco. Talvez seja por aí que a banda estenda seus fãs e seja o caminho para vender o novo material, que deve sair em março próximo. Com o passar das horas, parte dessa galera precisou ir embora e as regravações ao final (incluindo a segunda vez do hit “Semáforo”) já não tinham tanta gente. O que não significou menos animação (alias, no final é que todos pularam mais!), apesar do cansaço de quase duas horas de show. Mas não tenham duvidas que a edição vai deixar tudo lindo no final. E claro, tomara que eu apareça também!

Por Gustavo Pelogia

Anúncios


Artworks: The Hazards of Love / Living Things by movethatjukebox
janeiro 23, 2009, 11:36 am
Filed under: Outros

The Hazards of Love, do Decemberists, e Living Things, do Peter Bjorn and John, ganham lançamento físico no final de março – mas já dá pra ver a capa dos dois discos.

Check it out:

decemberists-the_hazards_of_love-album_art

Sobre a imagem acima, do Living Thing, você pode perceber que esse não passa de um banner de pre-order, mas dá pra imaginar que a capa vai acabar sendo algo bem parecido com isso – com cervos, alces, veados ou seja lá quais animais forem esses.

Ah, vou aproveitar o espaço pra fazer uma notinha. Você já ouviu Feist tocando Train Song com Ben Gibbard no CD de caridade Dark Was The Knight? Se a resposta for negativa, clica aqui.

Por Alex Correa



Beirut: March of the Zapotec and RealPeople Holland by movethatjukebox
janeiro 23, 2009, 10:59 am
Filed under: Outros

Depois de um hiato muito tenso, o Beirut programou o lançamento de um EP duplo para 17 de fevereiro. A parte interessante é que já dá pra baixar March of the Zapotec And RealPeople Holland na nossa comunidade do orkut.

Divirtam-se, crianças.

Por Alex Correa



O top 5 de 2008 por Claudinha, do Copacabana Club by movethatjukebox
janeiro 23, 2009, 10:22 am
Filed under: Outros

Você sabe, leitor, que o Move That Jukebox! realmente gosta do Copacabana Club. Depois de marcar o nomezinho da banda em dois dos meus rankings de final de ano (Revelações do Ano & Melhores Álbuns do Ano, caso não se lembre), fui perguntar pra Claudinha, a vivida baterista do grupo – que tem passagens [como espectadora] por Coachella e T in The Park –  o que ela achou dos álbuns do ano passado.

A resposta tá aí.

1. Vampire Weekend – Vampire Weekend

vampire-weekend

2. Kings of Leon – Only By The Night

3. Foals – Antidotes

4. Glasvegas – Glasvegas

5. Okkervil River – The Stand Ins