Move That Jukebox!


As resenhas da Jukebox by Neto

Álbum: Como Se Comportar

Artista: Moptop

Lançamento: Agosto de 2008

Nota: 3.5/5.0

Se em 2006 o Moptop já se mostrava preparado para embarcar no sucesso com seu álbum de estréia, em agosto de 2008 ficou provado que a viagem ao mundo da fama era sem volta.

Com uma personalidade novinha em folha, o grupo carioca brilha na turnê de Como Se Comportar, um disco que não pode passar em branco. Transpirando menos The Strokes, Aonde Quer Chegar, Como Se Comportar e a adolescente História para Contar compõem a parte mais marcante de todo o trabalho, mas a badalada Desapego não fica para trás.

Tão apaixonantes e grudentas quanto as antigas Paris e Sempre Igual, são Bom Par e a mais básica Adeus, mas não deixe de dar a devida atenção à Bonanza e à Contramão, inédita que mais me chamou a atenção quando vi o Moptop no início do ano, na Fundição Progresso, que mais tarde recebeu o Interpol.

Por Alex Correa

Álbum: Loyalty to Loyalty

Artista: Cold War Kids

Lançamento: Setembro de 2008

Nota: 4.0/5.0

Loyalty to Loyalty seria o álbum do ano fácil fácil, se já não tivéssemos experimentado uma sonoridade grosseiramente semelhante em 2006, na estréia do grupo. Não fosse a agradável melancolia de Avalanche B, a épica Cryptomnesia ou os inéditos falsetes adotados em uma ou duas músicas do disco, o jazzy rock californiano do Cold War Kids iria direto para a gaveta dos que pararam no tempo. Amor e ódio; Agressividade e delicadeza. Tudo isso e mais um pouco se junta no segundo álbum do CWK, que teria nível de best-seller caso fosse um livro de poesias. Não preciso nem comentar sobre a intercessão de uma faixa para a outra…

Por Alex Correa

Álbum: Off With Their Heads

Artista: Kaiser Chiefs

Lançamento: Outubro de 2008

Nota: 2.5/5.0

O novo disco do Kaiser Chiefs é quase tão difícil de ser descrito quanto o sabor da combinação de queijo com goiabada A abertura, feita por Spanish Metal (que não é um metal propriamente dito), deixa claro que nos próximos minutos não virá absolutamente nada imperdível. A presença dos convidados especiais – Lily Allen, New Young Pony Club e David Arnold – é praticamente inaudível. Pode-se considerar Never Miss a Beat, You Want History (que já estão sendo tocadas ao vivo há tempos) e Tomato In The Rain as melhores faixas de todo o disco, mas me arrisco a dizer que a verdadeira salvadora é Half The Truth – que também pode ser chamada de “música do rapper”. O rapper é Sway, que lidera os vocais por alguns versos e exibe toda a sua ginga de nigga londrino, o que vale como um ‘plus’ ao Off With Ther Heads. Já na última faixa do CD, é o baterista Nick Hodgson quem ataca como líder. A música é péssima e, se quiser saber, tem o nome de Remember You’re a Girl. Para ser honesto, esse não parece um trabalho de Mark Ronson, muito menos do Kaiser Chiefs.

Por Alex Correa

 


Anúncios

12 Comentários so far
Deixe um comentário

discordo, pra mim o cd do KC foi impecável, e “good days bad days” é simplesmente viciante *-*

Comentário por Cláudio

História pra contar é igual Kings Of Leon no instrumental :P

Comentário por Lucas Chagas

Esse albúm é o melhor do Kaiser Chiefs vééééééi!
hahaha
nunca gostei muito da banda, mas esse albúm é bom.

Comentário por Fernando

é álbum..

Comentário por Fernando

alex não tem gosto pra música, pronto falay

Comentário por eric

discordo [2]
ta que não tem nada de novo no CD do KC, mas ta tudo bem lindinho *-*

Comentário por Bia corazza

metal na música tbm se refere a instumentosde sopro, naipe de metais em orquestra saca?

e Kc nunca foi bom mesmo

Comentário por thales

não fode
2.5 pro KC e 3.5 pro Moptop -.-

Comentário por carlos baú

“alex não tem gosto pra música, pronto falay”

mas o gosto do alex é quase igual ao meu. :(

espero que esse eric seja amiguinho do alex e esteja sendo brinks, o zoando publicamente. porque eu fiquei magoada por tabela com esse comentário. =/

Comentário por thaís

Thaís, você pode se sentir ofendida então, porque eu não conheço nenhum Eric.

Comentário por alex correa

[…] As resenhas da Jukebox […]

Pingback por MTJ Magazine #1 « Move That Jukebox!

brazucas dum raio nao percebem de musica e metem.se a falar mal de bandas q mal conhecem vao masé aprender o q é musica e dps comentem… .|.

Comentário por Marco




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: