Move That Jukebox!


Do The Dance! – Vol.1 by marçal
agosto 15, 2008, 1:11 am
Filed under: Colunas

A real é essa. Com a exclusão da nossa querida página de downloads, começamos a pensar sobre como aumentar mais os atrativos do blog, para não perder leitores que passavam por aqui somente para usufruir de nosso carro-chefe.

Após confabularmos por um tempo, uma boa idéia surgiu. Colunas semanais individuais, ou seja, cada um de nós escreveria sobre um tema semanalmente. Uma espécie de aprofundamento de algum assunto por cada um de nós. E agora, após introduzir a novidade do blog, começo meu assunto.

Música combina com festa. Festa combina com dança. Dança combina com música. E existem músicas que são feitas especialmente para dançar, festejar, se alegrar com amigos, inimigos ou desconhecidos. Uma festa boa se deve muito à música boa, e pertinente ao momento. Melhor dizendo, uma música de festa.

Mas isso todo mundo sabe. Não quero ficar aqui recomendando músicas pra animar sua festa. Quero recomendar músicas pra animar seu dia. (hahahaha auto-ajuda move that jukebox!)

Diversas vezes já escutei dizerem: “Ah, tem músicas que eu gosto quando toca em festa, balada, etc, mas nem tem graça ficar ouvindo”. Mas por que não tem graça?? Se aquela música te deixa feliz naquela hora, com seus amigos, te dá vontade de dançar, pular, por que ela não te deixaria mais alegre no dia-a-dia, no meio do trânsito, no metrô lotado, no trabalho monótono?

Porra! O Move agora virou blog de conselho!?

Não é bem assim, acontece que no momento em que eu pensava sobre que assunto trataria minha coluna semanal, eu estava apertado em um ônibus, às 6 e meia da manhã, com a cabeça preocupada com os trabalhos escolares atrasados, a prova da primeira aula, anidridos, éteres, cetonas e outros compostos da química orgânica difíceis de se decorar. Mas começou a tocar no meu ipod a música ‘The Party’, do Justice. E eu comecei a imaginar a tal festança da música, envolvendo os passageiros do ônibus. O mano que estava ao meu lado fazia passos de breakdance, o cobrador era o bartender, o fortão que queria de qualquer jeito ir para o fundo do ônibus rodava a camiseta no ar, enquanto a menina bonita sentada à minha frente chamava a atenção com suas roupas brilhantes de neon. As DJs, que usavam chapéus extravagantes, eram duas senhoras de cabelo branco que conversavam na primeira fileira de bancos como se fossem amigas de infância.

Resultado: Sem perceber, estava rindo sozinho (disfarçadamente, claro), e todos aqueles trabalhos e provas tinham se escondido na minha mente. O ônibus lotado nem me incomodava mais, agora ele era o cenário da maior festa dos últimos anos, e o mau-humor matinal tinha passado.

Isso me deixou surpreso. Incrível como a música me passou uma alegria diferente, um relaxamento do tipo: “Foda-se que eu to apertado aqui, querendo dormir, tenho prova agora e eu não sei nada. No meu ouvido tá rolando uma festa, e eu vou deixar essa festa ter mais espaço na minha cabeça do que esses problemas.”

Consegui um jeito de acabar com esses incômodos, e um assunto pra coluna do blog. E a partir da semana que vem, começo a recomendar músicas pra sua festa particular. Só uma ajudinha para seus dias mais estressados. Participe da ‘Terapia da Música de Festa’! (hahahahahaha não exagera, Marçal!)

Autor: Marçal Righi

Anúncios

12 Comentários so far
Deixe um comentário

participo desse grupo de terapia aí sim, pode deixar =)

Comentário por Paula

Não precisava, o MTJ ainda tem seus atrativos. Claro que eu não vou recusar mais um!

A propósito, depois dessa festa toda, foi bem na prova? (injeção de realismo! =P)

Comentário por kiosia

HAHAHAHAHAHAHAHAHA
choreeeeei largado!

muito bom!
but now you have to stay up the whole night pra prova de rec! HAHAHAHA just easy as ABC!

Comentário por fulano

ouço “homecoming” quando levo esporro do chefe, porque a vontade que da mesmo pra aliviar atenção é de fo*** uma b*****.

ou então o meu chefe, que deve estar precisando mais do que eu por estar tão estressado.

abraço

Comentário por gãs

marçal é minha fonte de inspiração, haha :D
quero me inscrever na terapia.
como fas//

Comentário por Alice Moraes

o que me traz aqui, bem mais do que os downloads, são as novidades.

Comentário por Eduardo

hahahaha isso é o que eu chamo de “viagem” de ônibus

Comentário por pedro

adorei! eu sempre faço isso, e escolho músicas pro meu mp3 de acordo com o meu humor. aí, tanta coisa boa pra ouvir!! adorei!

Comentário por thaís

tbm tive prova de química orgânica hoje :D e tbm vivo pensando nas pessoas da rua dançando loucamente de acordo com a música que eu esteja ouvindo… eu achava que era louca, mas obrigada por ser tanto quanto eu ;)

Comentário por rakeLz

Po, nada como a música pra espantar o mau-humor e outras coisas ruins do dia-a-dia…
Estou esperando pelas recomendações (embora ja tenha um setlist mais UP pra me animar tb…aehuieahuiaehiuh)

Comentário por Henrique

fui bem na prova graças a ajudinha da menina do lado.

amigo é pra essas coisas…

Comentário por marçal

haha, BOA BOA. 8D
gostei e tals, música é terapia a qualquer hora. e a terapia da baladxênha é boa. XD

Comentário por Laísa




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: