Move That Jukebox!


Liam Gallagher alfinetando de novo by marçal
agosto 10, 2008, 4:56 pm
Filed under: Oasis | Tags: ,

Os irmãos Gallagher, do Oasis, são famosos por falar qualquer coisa que vem à cabeça, principalmente se isso for uma crítica a uma banda ou alguma pessoa. Desta vez foi Liam que soltou a língua, falando mal dos fãs de Radiohead e Coldplay.

Em entrevista ao jornal inglês The Times, ele disse que não odeia as duas bandas, não deseja que eles sofram acidentes. Apenas acha que seus fãs são pessoas feias e maçantes, e que nos shows elas não parecem estar se divertindo.

Adicionou ainda que não gosta de bandas modernas. Ele só toca Beatles, Rolling Stones, The Kinks, Neil Young, Sex Pistols e um pouco de The Stone Roses. Nada novo o interessa.

Para completar, Liam falou sobre a preparação para o retorno do Oasis, que lança o novo álbum ‘Dig Out Your Soul’ no dia 6 de outubro. Ele está parando de beber e fumar, para que sua não haja problemas com sua voz, que ele próprio definiu assim:

“Quando ela [a voz] está boa, ninguém chega aos meus pés. E quando ela está ruim, é um pouco melhor que a de Pete Doherty.”

Autor: Marçal Righi

Fonte: NME

Anúncios


Crítica: Fortress Round My Heart – Ida Maria by Neto
agosto 10, 2008, 12:46 pm
Filed under: Ida Maria

A cantora Ida Maria já vinha chamando bastante atenção no cenário britânico antes mesmo de lançar seu álbum de estréia, chamado Fortress Round My Heart – e lançado no mês de aniversário de Ida: julho. Os ótimos singles da cantora fizeram com que ela aparecesse no The Times e a levaram até ao Glastonbury desse ano.

Se inspirando em artistas diferenciados como Strokes e Elvis Presley, Ida fez uma mistura que originou em algo bem semelhante a Regina Spektor mas, ao mesmo tempo, guitarras e bateria dão doses energéticas que a difere – e muito – de Regina.

A energia dessa rapariga de 24 anos fica mais que explicita logo no início do disco, em Oh My God – e não há definição melhor para ela do que “cartão de visitas explosivo”, criada pelo Belfast Telegraph. O ânimo só resolve dar uma pausa em Keep Me Warm, mas não antes de marcar presença em Louie e I Like You So Much Better When You’re Naked, umas das minhas preferidas, sendo essa segunda a mais punk do CD. Keep Me Warm tem a melodia mais romântica do disco, mas a letra não é exatamente amorosa – nela, Ida declara seus vícios: cigarros e café. O segundo momento de calmaria em Fortress Round My Heart só volta a acontecer na faixa final do mesmo, See Me Through, que é quase uma canção de ninar. Como a maioria das músicas da norueguesa, essa também fala de Deus, mas não tão positivamente como fazem os christian rockers e afins: Ela conta que não pode acreditar em Deus por ter medo da verdade. Sei lá o que concluo com isso.

Com letras sem muito sentido e abandonando a chance de virar mais uma mina do folk – ou do anti-folk -, Ida Maria abriu grandes portas para um futuro promissor e cheio de grana.

MySpace de Ida Maria

Autor: Alex Correa



MTJ de volta! by Neto
agosto 10, 2008, 11:28 am
Filed under: Outros

Hoje de manhã o Move That Jukebox foi banido pelo WordPress por violar os Termos de Uso do servidor. Agora, depois de algumas horas de inatividade e de uma negociação com os administradores do WordPress, estamos de volta – mas, uma condição foi feita: Tivemos que tirar todos os links de download do blog.

Uma perda considerável, mas espero que todos continuem acompanhando nossas colunas, entrevistas e notícias diariamente.

Um beijo, galere.