Move That Jukebox!


Crítica: Made In The Dark (Hot Chip) by Cedric
fevereiro 20, 2008, 4:57 pm
Filed under: Críticas e Recomendações, Hot Chip | Tags: , ,

‘Made In The Dark’ é o mais novo CD do grupo inglês Hot Chip, que já passou pelo Brasil no ano passado. O álbum conta com algumas músicas dançantes e ouras melancólicas (talvez até melancólicas demais), mas superou o ‘Coming On Strong’, primeiro trabalho do grupo.

Poucos minutos depois de apertar o play você já ficará satisfeito: ‘Out At The Pictures’, a primeira faixa do CD, é extremamente cativante. A introdução da música aparentemente tem o objetivo de te deixar no mínimo ansioso para ouvir o resto do álbum (me lembrou um pouco a introdução de ‘Living Is A Problem Because Everything Dies’, primeira música de Puzzle, do Biffy Clyro).

E termina a faixa 1. “Excelente!” foi o que eu pensei. Mas não demorou muito para a minha opinião mudar drasticamente (para melhor). Depois de escutar ‘Shake A Fist’, ‘Ready For The Floor’, ‘Bendable Poseable’ e ‘Touch To Much’ deixei escapar um ruído não-identificado de dentro de mim, que tentou dizer “PUTAQUEPARIUQUECDFODA” ou qualquer outra coisa tão empolgada (e desbocada) quanto.

Mas é uma pena que nada seja tão perfeito assim. Logo na 6º faixa já pude reparar uma queda significativa de qualidade (o que faria o ‘Made In The Dark’ perder o selo de qualidade do MTJ!, se tivéssemos um) que permaneceu por outras 2 faixas.

Percebeu que ainda não falamos da música que deu nome ao CD? Está curioso para ler sobre a ‘Made In The Dark’? Não? Pois vou falar assim mesmo. A faixa com certeza não está entre as melhores do CD, não mesmo. Para ser mais sincero, a música entrou para a minha lista negra do Hot Chip, junto com ‘We’re Looking For A Lot Of Love’, In The Privacy Of Our Love’ e ‘Whistle For Will’.

Porque eu não gostei delas? Muito melancólicas. MUITO mesmo. Não tenho nenhum problema com melancolia nas músicas, mas isso é uma coisa que eu realmente não esperava escutar quando baixei o novo álbum do Hot Chip. Se eu pudesse mudar o nome do CD, provavelmente escolheria ‘Shake A Fist’ ou ‘Ready For The Floor’, mas como não posso mudar, acho que vai ter que continuar assim mesmo.

‘Made In The Dark’ termina com ‘The Privacy Of Our Love’ (uma das músicas que entraram para a minha lista negra, como disse acima). Reformulando a frase: ‘Made In The Dark’ termina mal, com uma das músicas mais chatas do CD.

Pra terminar, uma dica: Quando chegar na última música do álbum, volte para a primeira e escute-o de novo até a 5ª faixa. Dance, cante, pule, fique feliz e depois vá escutar o ‘The Warning’, para continuar feliz.

  1. “Out at the Pictures”
  2. “Shake a Fist”
  3. “Ready for the Floor”
  4. “Bendable Poseable”
  5. “We’re Looking for a Lot of Love”
  6. “Touch Too Much”
  7. “Made in the Dark”
  8. “One Pure Thought”
  9. “Hold On”
  10. “Wrestlers”
  11. “Don’t Dance”
  12. “Whistle for Will”
  13. “In the Privacy of Our Love”

Autor: Alex Correa

 


4 Comentários so far
Deixe um comentário

esqueceu de dizer que a voz do vocalista é enjoativa pra porra.

Comentário por Cedric

melancolia eh bom
faz bem pras arterias coronarias

Comentário por jonas

e eu dancei bagarai no show deles

Comentário por marcal

Concordo com tudo, as músicas dançantes são maravilhosas, mas a melancolia das outras, que para mim foi grande parte do cd, estragou tudo. Mas vale a pena, ready for the floor é empolgante demais! (y)

Comentário por Bárbara




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: