Move That Jukebox!


Crítica: CocoRosie by Gabriel

Conhece o duo CocoRosie? Aproveite a oportunidade, acredito que não se arrependerá.

Formado pelas irmãs Sierra Rose Casady e Bianca Leilani Casady, o duo meio americano, meio francês, explora uma atmosfera difícil de se definir, que vai do indie rock, passa pelo folk, blues e consegue chegar a influências do hip-hop, tudo com muita originalidade, chegando a sonoridades nunca antes exploradas.

Sierra é responsável pelo violão, harpa e voz. Já Bianca pelos brinquedos, gravadores e suave voz.

Confesso que desconfiei de tais misturas antes de ouvi-las. Mas bastou alguns segundos para perceber que a qualidade era inquestionável.

O álbum de estréia (meu preferido), La Maison De Mon Revê, lançado em 2003, explora a utilização de brinquedos infantis (Terrible Angels, Candy Land são bons exemplos), violão e piano, além das diferentes, contrastantes, porém maravilhosas vozes de Sierra e Bianca (ouça Good Friday). A suavidade da voz de Bianca contrapõe-se a de sua irmã, e em meio a tais instrumentos e batidas eletrônicas, torna-se perceptível a fusão entre o acústico e o eletrônico. Toda essa mistura é carregada por uma melancolia e certo ar de nostalgia.

Esse não é o único álbum do duo. Em seu segundo disco, Noah’s Ark (2005), a banda mostra que tem muito que oferecer ainda ao universo musical. A exótica sonoridade, agora em melhor qualidade de gravação, conta com a participação de dois ícones da música: Devendra Banhart (também presente no terceiro disco – ‘Houses’ é de sua autoria) e Antony Hegarty (Beautiful Boyz), do Antony and the Johnsons. A estranha voz de Antony casa-se perfeitamente com a atmosfera criada pelo duo, tornando esta uma bela música.

Não satisfeitas com tamanho experimentalismo, lançam seu terceiro disco, ‘The Adventures of Ghosthorse and Stillborn’. No momento ainda não explorei todo o álbum, por isso deixarei para comentá-lo em outra oportunidade.

No entanto, pela sonoridade que têm nos oferecido, além de sua proposta experimental, as duas conseguem se tornar originais, fugindo do clichê, firmando-se no mundo musical. Audição indispensável para quem gosta de boa música.

Quer saber mais?

MySpace | Site Oficial | Wikipédia

La Maison De Mon Revê [2003]

  1. “Terrible Angels” – 4:10
  2. “By Your Side” – 3:59
  3. “Jesus Loves Me” – 3:10
  4. “Good Friday” – 4:23
  5. “Not For Sale” – 1:19
  6. “Tahiti Rain Song” – 3:36
  7. “Candyland” – 2:56
  8. “Butterscotch” – 3:08
  9. “West Side” – 1:24
  10. “Madonna” – 3:49
  11. “Haitian Love Songs” – 4:55
  12. “Lyla” – 4:04

4-estrelas-e-meia.png

Noah’s Ark [2005]

  1. K-Hole” – 4:10
  2. “Beautiful Boyz” – 4:37
  3. “South 2nd” – 4:09
  4. “Bear Hides and Buffalo” – 4:14
  5. “Tekno Love Song” – 3:54
  6. “The Sea Is Calm” – 3:39
  7. “Noah’s Ark” – 4:13
  8. “Milk” – 0:34
  9. “Armageddon” – 4:04
  10. “Brazilian Sun” – 4:38
  11. “Bisounours” – 4:06
  12. “Honey or Tar” – 2:08

4-estrelas.png

The Adventures of Ghosthorse and Stillborn [2007]

  1. Rainbowarriors (3:55)
  2. Promise (3:37)
  3. Bloody Twins (1:37)
  4. Japan (5:02)
  5. Sunshine (2:58)
  6. Black Poppies (2:37)
  7. Werewolf (4:50)
  8. Animals (6:02)
  9. Houses (2:56)
  10. Raphael (2:48)
  11. Girl and the Geese (0:46)
  12. Miracle (3:35)

4-estrelas.png

Uma pequena amostra:

Veja aqui outro vídeo.

Autor: Gabriel Zorzo

 

Anúncios


Black Mirror interativo by Gabriel
fevereiro 5, 2008, 1:46 pm
Filed under: Outros | Tags: ,

O estranho site do Arcade Fire está com uma novidade.

Depois do clipe interativo de ‘Neon Bible’, em que o vocalista Win Butler reage aos cliques e movimentos do mouse, tornando cada exibição única, os canadenses resolveram inovar novamente.

Dessa vez a música é ‘Black Mirror’, acompanhada de um pequeno vídeo (que você confere aqui) em preto e branco, com as estranhas imagens que não poderiam faltar (com direito a seres triangulares e outros gigantes).

arcade-fire.jpg

O interessante é a opção de escolhermos quais partes da música serão executadas. Como assim? O site nos dá 6 canais de áudio, como os vocais de Win, as guitarras, a percussão etc, e escolhemos através dos números do teclado quais queremos que sejam executados ao mesmo tempo.

1- Win Butler (vocal)
2- Bateria
3- Baixo
4- Guitarras, violões
5- Restante dos vocais, efeitos gerais
6- Violinos, Teclados e mais coisas.

Particularmente, achei muito boa a idéia e o vídeo. Como se não bastasse as inovações do Radiohead com o lançamento do álbum pela internet, se esses vídeos interativos virarem moda, o fim de canais como a MTV podem estar mais próximos do que se imagina.

Gostou? Veja o Making Off do vídeo aqui.

Todo o projeto foi assinado por Tracy Maurice, grande artista, criador de quase todas as coisas do Arcade Fire, inclusive artworks e tal, além de trabalhar para o Wolf Parade, Bell Orchestre e Malajube. Seu site oficial não poderia ser muito normal, certo?